Páginas

sexta-feira, dezembro 22, 2006

O Bafo do Futuro


Imagem da série pra revista Maguila 10, www.base-v.org
Sinta o bafo do futuro. Fim de ano tem sempre dessas, as frases que ilustram em metáfora o porvir da virada. O bafo do futuro eu achei uma boa. Vem com essa carga contínua e pesada da treta que se anuncia, para o bem e para o mal. Tenho gostado muito de Jesus nesses últimos tempos, mas não Jesus filho de Deus Homem Divino. Esse outro Jesus de flyer de padaria, de porta de igreja. Jésus. Ganhamos aqui no estúdio um calendário prateado de Jésus pela compra de uma mapoteca extra. Juro, o lugar mais coxo da história dos serviços prestados. Pra chegar até a mapoteca, escondida no segundo andar de um sobrado que mal se sustentava por suas próprias vigas, tivemos que pular por cima de uma privada de cocô ainda vivo e pulsante de um banheiro já sem paredes e cheio de ferragens e armários de aço a venda. Os caras são uns amores, barganham por tudo, pechincham e te atendem com a gana de alguém que realmente precisa vender. E ainda conseguem arranjar uns calendários de Jesus maravilhosos pra dar pros clientes. Feliz Natal, pessoal da Mooca. Feliz Natal, Jésus.
Tô deixando o bigode crescer, só o bigodón. Acho que tá meio feio ainda, mas vai ficar legal. O ano foi dos melhores, o estúdio tá cada vez melhor, quero trabalhar nas coisas que virão. Tem mais um filminho pra fazer esse ano, mais um pro começo do ano que vem, um livrinho engatilhado e quem sabe o meu de quadrinhos. Revista Sociedade Radioativa nova, site no ar (www.sociedade.radioativa.nom.br), site do estúdio atualizado com revista Maguila nova (www.base-v.org), parcerias e uma viagem classuda pra rolar no meio do ano. O "Aquele Cara" ganhou seu primeiro prêmio em Vitória, acabou de entrar no festival de curtas de Paris (www.paristoutcourt.com), minha nega se formou, vamos indo vamos indo.
Tô aqui enrolando pra começar a animar o clipe de um amigo, como sempre faço antes de qualquer trampo. Difícil começar uma coisa do zero. Acho que vou tomar um suco ali na padaria.

Um comentário:

zandalee disse...

que os sucos na padaria sejam cada vez mais coloridos e se transformem em cafés em Paris, Londres, Amsterdam, uma casa de chá na Rússia e outros tantos lugares nesse Brasil e mundo afora. Sucesso pra estúdio iluminado e pra esse amigo pra lá de iluminado e querido! 2007 já está sendo um puta ano pra ti! bj grande da amiga aqui.