Páginas

quarta-feira, abril 04, 2007

Tecidos e garrafas


Tô lendo um livro do Robert Mckee, o "Story", que diz que todo roteiro deve ter uma realidade definida, em sua estrutura, para que o espectador e sua história sejam conduzidos por um desencadeamento coerente de idéias (exceto os roteiros que ele classifica como "anti-trama ou a não-trama"). Acho que na maioria dos trabalhos de arte, ou design, ou até culinária.. talvez até na vida de um político, ou na vida de uma forma geral.. enfim, desenvolvemos essas vidas paralelas, que evocam e exigem coerência para que você e os outros possam viver dentro dessas bolhas conceituais, esses jogos de ilusão e criação. Me peguei num momento desses hoje, desenhando essas cenas inspiradas em tecidos e o universo da moda. Absorve mesmo.. e tem a capacidade de anestesiar e intensificar o resto, dependendo do momento. Jogos de paciência tem sido o tom desse verão.. o quanto o indivíduo é capaz de segurar dentro de um mundo paralelo sem cair no caos da inexistência de um sentido pra aquilo, já que quem faz o sentido é você, o outro e o que vai acontecer depois.

Difícil é sair.
::::::::::

I've been envolved on this weird search for new universes of language. Found this bizarre mixture of fabric textures and empty bottles. Easy to be sucked by this "discoveries", especially when they function as a paralel order, in oposition to the regular structures of life. The hard part is to get out.

5 comentários:

FIDO NESTI disse...

Rafa, esta piração está boa demais, parabéns! Adorei também os monstrengos da Choque Cultural de 2006. Não tinha visto. Tenho que ficar mais atento. Rolaram 150 originais?! Maravilha! Um abração!

Paulo Chagas disse...

a figura não tá abrindo. deu pau! fiquei curioso...

Cris Castro disse...

E aeh, malandragem! Seu trabalho tem sido comumente apontado como
catalisador de possibilidades plurais e contemporâneas. Acredito que junto com o Grampá ( grande brother meu), estás a encabeçar em se tratando de arte, o roll dos grandes intérpretes do mal estar da modernidade. Se acaso te apanhares ocioso no Cyberespaço acompanhe minhas inquietações textuais em:http://semeuar15falasse.blogspot.com/
Abraço.

The Doors comics disse...

Interessante Rafa, varias conexões e realidades paralelas...o que isso tem a ver com HQ?? cada um faz o seu sentido...
Quero ver + blogs!
Abraço

R. Grampá disse...

MUITO foda essa ilustra rafa! Queria ver uma HQ tua num cenário assim...BAH!!!